15 maio, 2012

Plano Nacional de Logística e Transportes prevê investimentos de mais de R$ 12 bilhões em SC até 2022 [Noticenter]

Santa Catarina será beneficiada com mais de R$ 12 bilhões em novos investimentos em infraestrutura logística e de transportes até 2022, de acordo com cronograma do Plano Nacional de Logística e Transportes (PNLT), desenvolvido pelo Ministério dos Transportes (MT) em cooperação com o Ministério da Defesa. Os valores abrangem obras desenvolvidas completamente ou em parte do estado catarinense. O plano anunciado também considera obras já realizadas entre 2008 e 2011. Neste caso, em dez anos o Estado deve receber mais de R$ 16 bilhões em investimentos, considerando que todas as obras realmente saiam do papel.
A lista com as obras está disponível na página do MT. O documento contém todos os investimentos do Vetor Sul, abrangendo também obras do Paraná e Rio Grande do Sul. O Noticenter reuniu as intervenções previstas para SC em uma planilha (baixe ao lado). Estão incluídas melhorias em aeroportos, rodovias, ferrovias e hidrovias.
NAVEGANTES RECEBERÁ MEIO BILHÃO EM INVESTIMENTOS
Pelo cronograma anunciado, o único investimento previsto para os próximos anos no setor aeroportuário de Santa Catarina será no terminal de Navegantes, que receberá R$ 521 milhões para ampliação das pistas de pouso e decolagem, além de outras melhorias. A tabela do PNLT mostra que, entre 2008 e 2011, foram investidos R$ 440,5 milhões em outros aeroportos catarinenses, incluindo os de Florianópolis, Chapecó, Criciúma, Jaguaruna e Correia Pinto.
QUASE SETE BILHÕES PARA FERROVIAS
A partir deste ano e até 2022, Santa Catarina irá receber investimentos de R$ 6,8 bilhões em ferrovias, de acordo com o PNLT. Das 12 obras listadas nessa área, oito representam ferrovias que ainda serão construídas, enquanto as demais se referem à remodelação ou recuperação das que já existem. Algumas delas vão ligar o Estado ao Paraná e ao Rio Grande do Sul.
PORTOS RECEBERÃO R$ 2,6 BILHÕES
Os portos catarinenses serão beneficiados com investimentos de R$ 2,6 bilhões. As obras incluem dragagem, ampliação das instalações, recuperação de molhes e readequação de berços nos terminais de Itajaí, São Francisco do Sul, Itapoá, Imbituba e Laguna. Só São Francisco do Sul vai ser contemplado com R$ 480 milhões. Outro destaque é a construção de um novo terminal em Imbituba, orçado em R$ 1,58 bilhão.
RODOVIAS SERÃO CONTEMPLADAS COM POUCO MAIS DE R$ 2 BILHÕES
Os investimentos previstos pelo PNLT nas rodovias catarinenses nos próximos anos chegam a pouco mais de R$ 2 bilhões. Estão previstas obras de pavimentação e adequação de capacidade nas BRs 470 e 282. Das 15 obras listadas, dez foram executadas entre 2008 e 2011. A lista não faz menção à duplicação da BR 470 no trecho entre Navegantes e Indaial, uma das obras mais emergenciais para e economia catarinense.

Fonte: Noticenter; disponível em http://www.noticenter.com.br/noticia/?COD_NOTICIA=16983&COD_CADERNO=0 ; acesso em 01/05/2012.

Nenhum comentário: